Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

UMA HISTORIA DE AMOR

Por uns instantes, o silêncio instalou-se entre os dois e a música entoava no ar alternada pelo crepitar da lareira.
Ela procurava nos braços dele, no ombro dele todo o conforto e carinho. Sentia-se bem no seu aconchego. Não se tinham visto nunca, mas sabiam tudo um sobre o outro. E quanto mais se enroscava, mais ele a apertava junto do seu peito.
O mundo parecia de sonho. Cederam então, a tudo aquilo que desejaram mal se tinham visto. Ela levantou a cabeça do ombro dele, e olhou-o ternamente e beijou-a suavemente nos lábios. Ela tocou-lhe nas faces e acariciou a sua pele. Ele inclinou-se suavemente e tornou-a a beijar, deixando-lhe transparecer toda a paixão que tinha por ela.
Ela fechou os olhos e afastou os lábios enquanto ele lhe beijava o pescoço, a cara, os olhos e ela sentiu a humidade da sua boca permanecer onde os seus lábios a tinham tocado. Pegou na mão dele e conduziu-a para os seus seios e estremeceu toda quando ele lhe tocou delicadamente através do tecido da blusa. Sem falar, começou a desabotoar a camisa dele e ele observava-a inundado de carinho, amor e paixão, enquanto ela abria caminho para baixo. A cada botão sentia os dedos dela e estremecia e ela ficou a sorrir-lhe ternamente quando por fim terminou. Sentiu-a, então, enfiar as mãos por dentro da camisa e, deixou que as mãos dela explorassem o seu corpo. Estava quente e ela sentiu o calor que o corpo dele emanava. Beijou-lhe o pescoço docemente enquanto lhe despia a camisa, depois os ombros, os braços e por fim o seu peito musculado.
Depois disso, lentamente ele procurou-a. Gentilmente despiu-lhe a blusa, o soutien, sem deixar de a beijar e beijou-a entre os seios e, demoradamente, fez a língua subir até ao pescoço. As mãos acariciavam-lhe as costas, os braços, os ombros e finalmente sentiu os seus corpos quentes encostarem-se um ao outro. Beijou-lhe o pescoço e mordiscou-lhe a orelha enquanto ela erguia as ancas e o deixava despir a saia. Ela procurou o botão e o fecho das calças dele e abriu-os e, ficou a observar enquanto ele as despia. Finalmente os seus corpos se uniram e ambos tremeram de paixão, demonstrando o amor que tinham para dar um ao outro.
Deitaram-se junto ao fogo e o calor brindou ainda mais os seus corpos. Por uns instantes, ele quis ficar ali a contemplar o corpo dela, maravilhando-se com a beleza dela. Ela por sua vez observava-o e fixava o seu olhar no seu peito, o peito que a tinha aconchegado momentos atrás e puxou-o contra si e beijou-o efusivamente, o pescoço, os ombros e ía acariciando-o lentamente, suavemente. Beijaram-se com toda a emoção e ela entrelaçou os seus dedos no cabelo dele e sentiu cada ondulação que o cabelo tinha. E a cada toque, um e outro íam experimentando novas sensações, novas emoções. E por fim, os seus corpos fundiram-se num só.
E continuaram pela noite dentro, como que tentando recompensar todos os anos que tinham andado à procura do Amor.
Finalmente, ele tinha encontrado a sua felicidade e finalmente, ela poderia sorrir sempre, pois haveria sempre uma pessoa que amaria o seu sorriso.
Às vezes ficavam sómente a olhar um para o outro, mas depois voltavam a abraçar-se e voltavam a amar-se. E numa dessas vezes, ele foi capaz de lhe sussurrar:
-          Tu és o meu mundo! És um poema, uma flor, uma canção, és o Sol que me acorda, a Lua que me deita e não sei como pude viver tanto tempo sem ti, sem te ter, sem te conhecer. Amo-te, mais do que possas imaginar e sempre te amarei, sempre, sempre.
-          Também te amo! Muito. Muito mesmo. – disse ela, puxando-o para si, abraçando-o, apertando-o.
 
(foto também minha autoria)
publicado por maocheiapensamentos às 00:19
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De -›¦‹-Sombras-›¦‹- a 29 de Agosto de 2007 às 02:36
Bonito momento de amor, que se deve sempre no momento saborear e na lembrança guardar! Escreves bem o que melhor sentido parece ainda...
Beijinhos
De Manuel a 29 de Agosto de 2007 às 18:17
Olá.
Uma história de amor, e esta, por enquanto, com um final feliz.
Fica bem.
E a felicidade juntinho de ti.
Manuel

Comentar post

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.Pensamentos recentes

. ...

. “Ser Feliz” por Fernando...

. .

. .

. Mar

. A CIDADE MAIS LINDA ESTÁ ...

. SAUDADES

. NÃO IMPORTA

. FELICIDADE

. Chuva, Chuvinha

.Pensamentos antigos

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.Vale a pena visitar


.Estão:

online



PAPARAZZI

.São:


.Música para criar pensamentos:

.Já passaram por aqui:

pensadores
Euamoanimais[1].gif

welcome neon.gif

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more