Segunda-feira, 24 de Março de 2008

...

"AS VEZES O TEMPO NAO NOS DEIXA AGARRAR A VIDA!"

publicado por maocheiapensamentos às 23:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 6 de Janeiro de 2008

“Ser Feliz” por Fernando Pessoa

 

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não me esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo e que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.
 
Ser feliz é deixar de ser vítima dos
problemas e tornar-se um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
 
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."
 
Desejo que consigas construir o teu castelo, com poucas pedras, mas com os alicerces da felicidade, do amor e da saúde. 2008 chegou e chegou, também, a altura de Uma Mão Cheia de Pensamentos voar ao encontro de outras realizações.  Nada como um poema de Fernando Pessoa para fechar um tempo de reflexão, onde se criaram amizades, onde a escrita deu azo à imaginação e onde a poesia engrandeceu a minha Vida.
 
Bem hajas!
publicado por maocheiapensamentos às 21:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

.

publicado por maocheiapensamentos às 14:48
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

.

 

UM FELIZ NATAL!!!

sinto-me:
publicado por maocheiapensamentos às 14:12
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Mar

 

No dançar das tuas ondas vou flutuando,
E no teu ondular vou sonhando,
Vou de encontro às minhas inspirações,
Aos meus sonhos e ilusões!
(foto minha autoria)
publicado por maocheiapensamentos às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

A CIDADE MAIS LINDA ESTÁ AINDA MAIS BONITA!!!

 

(FOTO MINHA AUTORIA)

publicado por maocheiapensamentos às 22:13
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

SAUDADES

 

Que saudades eu tenho de uma chuvinha, assim miudinha que chegasse e me refrescasse a alma!
 Que saudades eu tenho de um friozinho para acender a lareira e ver o crepitar das labaredas invadir-me a menina dos olhos e sentir o calor fazer-me corar!
Que saudades eu tenho do tempo das 4 estações!
(foto minha autoria)
publicado por maocheiapensamentos às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

NÃO IMPORTA

Não importa se és profissional, se és competente, se dás o teu melhor, porque o valor da tua competência, está sempre nas mãos de quem te avalia!

sinto-me:
publicado por maocheiapensamentos às 22:25
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

FELICIDADE

Esta noite, sentiu-se só.

A noite tinha caído e ele tinha mergulhado no seu manto negro vestindo a solidão. Nunca na sua vida se tinha sentido tão sózinho. Anos atrás, após um desenlace amoroso, tinha decidido que íria percorrer o caminho da sua vida sózinho. Não era de ninguém e ninguém era dele. Viveria numa total liberdade de pensamentos, emoções e acções. Nem mesmo ele seria seu dono. Entregaria o seu ser, a sua alma ao advir. Este encarregar-se-ia de o moldar às suas situações, às vivências.

E tinha vivido feliz durante um bom par de anos! Mas...hoje, particularmente, sentia-se só.

Lá fora, as folhas dos abetos flutuavam ao som do vento que se fazia sentir, o céu estrelado adornava a Lua, que brilhava e iluminava as almas da noite. O lago iluminado pela Lua, projectava sombras na parede branca da casa. O jardim assim iluminado, pela Lua, parecia ganhar uma outra vida, uma vida diferente daquela que assistia todas as manhãs ao raiar do Sol. Aquela quietude, a que estava habituado, hoje estava a pô-lo fora de si. Um vazio interior começava a apoderar-se dele e ele queria fugir dali, queria sentir a presença de alguém. Nem mesmos os escritores que teimavam habitar as suas prateleiras, hoje, lhe poderiam fazer companhia. Nem mesmo a sua poltrona lhe parecia confortável. Hoje, esta noite, precisamente, neste dia, tempos atrás, ele tinha sido feliz. Tinha encontrado a felicidade. Hoje não! Esta noite, dessa felicidade, restava sómente a saudade de tudo o que ficou depois de tudo partir.

Um nevoeiro denso saía, agora, sobre o jardim, e ele inerte, junto à janela do seu quarto continuava a observar o cair da noite, a transformação que ao mesmo tempo acontecia lá fora e dentro de sil.

Foi então que a viu. Saída de um raio de Lua, ela apareceu, toda vestida de branco, num vestido semi-transparente, deixando adivinhar o seu corpo. Os cabelos longos, ondulados, escuros, caídos sobre os ombros conferiam-lhe uma beleza indiscritível. Havia no rosto dela uma ausência de cor que subitamente lhe fazia lembrar uma estátua branca. Mas era bela. Ali à luz da Lua, num contraste preto e branco, ela era bela. E viu-a avançar pelo jardim, com movimentos generosos, longos e viu o seu corpo balançar por debaixo do vestido semi-transparente.

Era bela.

Parou junto ao lago, e com passos leves caminhou sobre a água do lago. Nesse mesmo instante, ele sentiu um frio enorme e uma solidão absoluta como nunca sentira antes.

Fechou os olhos.

Quando os abriu, avistou apenas um rasto do vestido branco que desaparecia entre os abetos e se afastava pelo denso jardim adentro.

Era a sua Felicidade.

publicado por maocheiapensamentos às 12:46
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

Chuva, Chuvinha

 

Saudades que eu tenho da chuva!

De a ver cair com o seu passo certinho e contínuo.

Da sua voz calmante que me conforta a alma.

De juntar as minhas lágrimas às suas lágrimas e vê-las correr sem destino traçado.

Do cheiro a terra molhada. Ai! O cheiro da terra molhada!

Do aconchego da manta, num sofá meu e teu.

Do enroscar-me num abraço só teu ao som da sua música.

Da sensação do conforto depois da roupa encharcada!

Do sabor especial que uma bebida quente tem.

As saudades que eu tenho da chuva!

E ela fugiu, apenas...

 

publicado por maocheiapensamentos às 12:19
link do post | comentar | favorito
|

.Mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.Pensamentos recentes

. ...

. “Ser Feliz” por Fernando...

. .

. .

. Mar

. A CIDADE MAIS LINDA ESTÁ ...

. SAUDADES

. NÃO IMPORTA

. FELICIDADE

. Chuva, Chuvinha

.Pensamentos antigos

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.Vale a pena visitar


.Estão:

online



PAPARAZZI

.São:


.Música para criar pensamentos:

.Já passaram por aqui:

pensadores
Euamoanimais[1].gif

welcome neon.gif

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more